Sexta, 17 Dezembro 2021

Desbravando os ares

Já faz algum tempo que os drones deixaram de ser um artigo de luxo ou um objeto apenas para uso profissional. Muitas pessoas utilizam o equipamento para se divertir, como o nosso analista de sistemas pleno Francisco Antônio Alves Freire, que adora praticar dronemodelismo.

“O que mais me atrai é poder apreciar paisagens de diferentes locais, mesmo não estando lá fisicamente. Pesquisava sobre o assunto em canais de youtubers e, há cerca de dois, comecei a praticar o dronemodelismo, fazendo a captura de fotos e vídeos aéreos”, contou Francisco, que curte o seu hobby em espaços ao ar livre, como praças e parques.

Para desbravar os ares por aí, o colaborador comprou dois modelos de drones: FIMI X8 Mini e DJI Tello, que foram regulamentados tanto na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) como na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

“Toda pessoa que deseja usar um drone precisa dessa documentação. Mas é algo bem simples, o registro é feito gratuitamente pela internet”, explicou.

Segundo Francisco, para quem quer começar a praticar dronemodelismo, o ideal é evitar um drone profissional. Além dos preços mais elevados, eles são difíceis de controlar, exigindo uma boa prática.

Então, a dica do nosso piloto de drones é iniciar com modelos mais básicos, se acostumar com eles e, só depois, caso goste da brincadeira, a pessoa investir nos equipamentos mais complexos.

Para conferir as imagens feitas pelo Francisco com seus drones, basta acessar o seu canal no Youtube (r2 drone) ou o Instagram (r2.drone).

FRANCISCO ANTONIO